Francês Inglês Português
20h:39

ClonAgri

Home Home Empresa Empresa Serviços Home Plantas Home Variedades Home Cultivo Home Pedidos Home Glossário Home


Diversas formas de cultivo
Os métodos de cultivo seguidos pelos nossos clientes são muito diversos. A seguir, alguns exemplos:

Produção de antúrios em hidroponia:
       
8 meses após o recebimento das mudas (tamanho 2) fornecidas pela ClonAgri. Este plantio em canteiros utiliza adubos químicos para a fertirrigação. As plantas são estabelecidas sobre fibra de coco.
       
cultivo hidropônico sobre espuma fenólica

Produção de antúrios mista (orgânica e química):
       
8 meses após o recebimento das mudas (tamanho 1) fornecidas pela ClonAgri. Este plantio estabelecido em um antigo aviário, utiliza componentes orgânicos e fertilização química.

Produção orgânica de antúrios:
       
2 anos e meio após o recebimento das mudas fornecidas pela ClonAgri. Neste plantio com uso exclusivo de esterco (sem fertilizantes químicos) e sem canteiros, observamos uma alta produção de flores de qualidade.
       
Início de produção comercial, 17 meses após o recebimento das mudas fornecidas pela ClonAgri. Neste plantio sem uso de fertilizantes químicos (e sem canteiros), observamos uma alta produção de flores de qualidade.

O cultivo orgânico do antúrio
Sempre procuramos fornecer informações sobre o cultivo orgânico.

Componentes ambientais por ordem de importância
Água
Fixação
Oxigênio para as raízes
Temperatura
Luz
Ar/ ventilação da parte aérea
Análises
Fertilizantes

Local para o cultivo do antúrio
O local ideal seria nas proximidades de uma fonte de ar procedente de mata, bosque ou riacho.

Análises
Verificar se há registros de casos anteriores de pragas e doenças no local que se pretende cultivar. Também deve ser levado em consideração a vegetação. Realizar as análises: química, residual, e de nematóides da água e da terra do local (até hoje, não há registro de ataque de nematóides nas variedades IAC de antúrios).

Mudas
As mudas devem ser procedentes de laboratório e viveiro registrados no Ministério da Agricultura. Encomendar com antecedência e para o cultivo orgânico dar preferência às mudas certificadas orgânicas.

Construção (preparação) do horizonte de cultivo [fotos]
Fixação, drenagem e retenção
Estabelecer uma camada de 15cm acima do solo que cubra a área toda de cultivo, com o objetivo de fornecer uma estrutura para a fixação das novas raízes e para a drenagem rápida do substrato (a). Esta fixação se situa não somente dentro do substrato (a) mas também acima (b – precisamente na inserção da última folha).
Para a construção da parte (a), são colocados no chão galhos de árvores (não obligatoriamente em via de decomposição), sobras de serraria (sarfos, caibros), folhas de coqueiros, etc.
Ao lado das mudas, galhos são colocados a fim de oferecer uma superfície (b) de fixação durável [ver foto]. Se possível, estes galhos são carbonizados, para servir de refúgio aos microorganismos durante a estação chuvosa.
Para a retenção da água, pode ser introduzido na estrutura (a) descrita acima: (capim napier, folhas de bambus, cascas de árvores, grama cortada, serragem, etc.



Falta a fixação da raiz
Raiz desce para se fixar
Raiz e a sua rampa no mesmo nível: possibilidade de implantar o cultivo não mais em canteiros mas em faixas de cultivo.
Faixas de cultivo (estruturação)
Os espaços entre as mudas serão preenchidos
Plantio em faixas: os lados serão emendados e não haverá mais canteiros
     
Faixas de cultivo estruturadas







Instalação do plantio em faixas de cultivo: não há mais canteiros. Neste cultivo não foi colocado adubo químico, apenas foi feito o uso do esterco.

Proteção do cultivo
Luz solar
Tela refletiva (alumínio) ou de sombreamento (preto: tipo ráfia/sombrite), instalado acima de 4,5 metros de altura e com a máxima abertura possível nas laterais.
O sombreamento deve ser de 50% à 80% conforme região, estação e variedade de antúrio cultivada.
Temperatura
A produção irá cair com noites abaixo de 12ºC.
Ventos
Proteger o cultivo com vegetação implantada ao redor do telado.

Nutrientes
O esterco pode substituir ou completar os seguintes nutrientes: carvão vegetal, cinzas, emulsão de peixe, enxofre, fermentado organo - mineral, húmus, pó de rocha e silício.

Irrigação
A irrigação pode ser feita manualmente ou por aspersão sobre as folhas. Para economizar água pode-se utilizar a microaspersão ou gotejamento.

Pragas
Para controle e levantamento de insetos utilizar placas adesivas coloridas.
Como inseticida ou acaricida utilizar o óleo de nîm e/ou sabão de coco. Como repelente utilizar o óleo de alho.


Alguns links sobre a agricultura orgânica